Projeto Contemplus

Hoje é dia: 13/05/2021



História da Música: A Europa no século XIX - em 3 partes

 

A professora Dorotéa Kerr, do Instituto de Artes da UNESP faz um panorama da Europa no século XIX, o chamado Período Romântico. Localiza seus alunos na expansão econômica, causada pelo crescimento acelerado da indústria e do comércio, e o crescimento da burguesia. Os pensamentos dos iluministas de liberdade e igualdade.


Parte 1 de 3

 


Parte 2 de 3

 

A definição dos termos clássico e romântico nas artes do século XIX. A obscuridade e a melancolia estão presentes em todos os tipos de manifestações artísticas dessa época. Com a criação de salas de concerto e academias de música, a música entra de vez na vida da sociedade. A burguesia começa a se servir desse tipo de arte também, copiando o estilo de vida dos burgueses. As casas passam a ter pianos e as mulheres começam a ter aulas particulares, aumentando ainda mais a popularidade do instrumento.

 

 


Parte 3 de 3

 

A estética musical e os princípios da música romântica. Relações subjetivas, ilusórias e emocionais. A música com o poder de incorporar beleza e verdade. A tensão emocional vivida pelos compositores românticos. O estereótipo dos artistas: em geral, eles viviam isolados, distantes do homem comum.

 

 


*******